Tag Archives: Libertadores

“Apoio incondicional” ????

Essa é uma das coisas mais ditas por nós gremistas, quando se vai ao estádio. O tal “apoio incondicional”, durante o jogo todo apoiando quem estiver em campo, inclusive tanto cobrado por alguns (eu poderia citar muitos e muitos links agora, inclusive meus aqui, mas…).

Mas agora, depois de quase 10 dias da eliminação da Libertadores, e depois de esfriar bem a minha cabeça (pra não sair falando tanta merda), é hora de mudar algumas coisas!

Faltou vontade???

Será que faltou vontade mesmo??? Não sei, ainda tenho minhas dúvidas. Parte por não ter visto o jogo e ter ficado apenas no “rádio“.

Tá bom, eu sei, é lamentável mesmo, mas é a minha situação. Desde a minha mudança to praticamente ilhado. TV aberta pega mal, não tenho grana para TV paga, e internet não tem mais “pares” para instalarem (to fudido mesmo). Enfim, só me restou o “velho” rádio.

Algo tem que estar errado com a preparação física!

Não tem como acreditar nessa de que a culpa é do calendário não. Outros clubes estão na mesma situação com quase o mesmo tempo jogando e não vemos isso!

Aliás eu já venho levantando essa questão da preparação física no Grêmio, em conversas informais com os amigos a quase 2 anos já!

Essa é a realidade… infelizmente

Pois é meus caros, é fogo ter que assumir isso mas o fato é que essa é a realidade do Grêmio, esse time é o mesmo que estamos vendo a mais de 10 partidas já jogando de forma bem limitada.

Qualquer time com um pouco mais de eficiência faz a festa em cima de nossa zaga. Aliás, Rafael Marques só joga ainda nesse time por pura falta de opção ou teimosia do técnico. Sempre foi limitado, e só conseguiu jogar alguma coisa quando não estava “acomodado” com a titularidade, quando começava os jogos no banco e tinha que entrar vinha com o sangue no olho, ainda limitado (pois não tem futebol nem talento), mas buscando e marcando feito louco, sendo praticamente a sombra do atacante.

Manual para o Tri da Libertadores

Por algum tempo escondi esse documento. Tinha medo que clubes rivais tivessem acesso ao caminho das pedras e achei que a Direção do Grêmio, o Renato, os Jogadores e até mesmo a Torcida pudessem encontrar esse caminho, o que não está ocorrendo de forma natural. Por isso, irei publicar, mesmo que possa estar municiando alguns adversários.

Vamos começar da mesma forma que se forma um time, de trás para a frente. Victor. Ele é o melhor goleiro do Brasil e ponto final. Não há que se questionar falhas, desatenções ou afins, na média ele é o que há de melhor no mercado e dentro do Grêmio nem se fala. Há de ser visto que a causa das falhas do nosso camisa 1 pode estar à frente dele, e não dentro da pequena área. Além disso, estamos em uma competição de mata-mata, onde pode haver decisões por pênaltis a qualquer momento, e Victor é o maior pegador de pênaltis do país no momento, quiçá do mundo. Assunto encerrado.

Liberação do Carlos Alberto e a nossa imprensa

Lá vem eu de novo falar mal da nossa imprensa, mas fazer o que né se eles pedem?

Cara, o Grêmio libera o jogador para resolver problemas particulares, informa que não vai abrir o motivo (mas sabe), e que se ele quiser fala o que aconteceu.

Aí começa aquela enxurrada de asneiras principalmente de nossa maldita imprensa marrom local.

Depois do futevôlei é a hora do Grêmio

Futevôlei- Renato

Pronto, depois do Futevôlei do Renato (que acabou não chegando na final), agora é hora de voltar as atenções para o Grêmio e o nosso Gauchão!

Não tenho nada contra essa participação do Renato nesse torneio que rolou, muito pelo contrário, o nome do Grêmio apareceu constantemente com isso na imprensa.

Tá certo que aqui no sul com nossa imprensa marrom (além do pessoal do Aterro), tentaram a todo momento transformar isso em crise, inclusive fazendo matérias dizendo que o Renato só trabalhou 4 horas e voltou para o futevôlei! Típico de quem não tem assunto e tenta catar algo no “extra campo”. Enfim, o que importa é o Grêmio e agora o Gauchão.

Grêmio 6 x 0 Inter-SM – Ficha do Jogo

Goleada, lavada, surra em cachorro morto, etc. Tudo isso resume e bem o que foi o jogo de ontem. Sem dificuldade alguma o Grêmio passou por cima do Inter-SM no Olímpico, e mais do que isso, fez parte do elenco jogar e muito bem.

Tá certo que o Inter-SM não fez frente ao Grêmio, mas não dá para negar que o time jogou fácil e muito bem. Douglas ficou “livre” para jogar da melhor forma, criando e dando passes precisos.

León de Huánuco 1 x 1 Grêmio – Ficha do Jogo

Jogo chato, time fraco, teimosia do nosso técnico, e um jogo daqueles que a única coisa boa que se tira é o alívio por Carlos Alberto ter feito o seu gol e agora buscar um melhora no futebol.

Também acho que ele tem que parar de reclamar faltas o tempo todo. Eu entendo que tem lances que são falta e não foram marcadas hoje, mas isso também é consequência de tanto que ele cai e reclama. Não é justificativa, mas tem juíz que infelizmente olha os jogos anteriores do time e leva isso para o próximo jogo.

Grêmio 2 x 0 León de Huánuco – Ficha do Jogo

Jogo difícil, jogo chato, jogo ardido, isso é o mais próximo do que se pode chegar para definir o que foi a partida. O Grêmio tinha o controle da partida, mas o León de Huánuco parecia que tinha como único objetivo não tomar gol.

Inclusive até o primeiro gol do tricolor o que tomava conta por parte do time peruano era a “cera“. E muita cera inclusive, fazendo com que a torcida em menos de 20 minutos de partida já estivesse  irritada e vaiando muito a equipe visitante.