Faltou vontade???

Será que faltou vontade mesmo??? Não sei, ainda tenho minhas dúvidas. Parte por não ter visto o jogo e ter ficado apenas no “rádio“.

Tá bom, eu sei, é lamentável mesmo, mas é a minha situação. Desde a minha mudança to praticamente ilhado. TV aberta pega mal, não tenho grana para TV paga, e internet não tem mais “pares” para instalarem (to fudido mesmo). Enfim, só me restou o “velho” rádio.

O que eu tava escutando me preocupou e hoje quando vi os “melhores momentos” então confirmei. Esse time não pode golear, não pode porque depois faz isso. Me lembrou muito o time que tomou 3 do Millonarios na SULA do ano passado. CORPO MOLE.

Entraram com salto alto (não recomendado, considerando o estado daquele gramado), achando que estava ganho e deu no que deu. Mesmo terminando o 1º tempo empatado, o time voltou para o 2º tempo recuado, jogando só em contra ataque, tomando pressão e errando muito. O primeiro gol dos caras poderia ser evitado?? Até poderia, o lance da falta era desnecessário e não ficou ninguém para a sobra, mas mesmo assim acho que era “inevitável” esse aí.

Outra, vamos assumir também que o lance do nosso gol começou com um passe errado do meia deles, que deu a bola de presente para o André Santos cruzar pegando a zaga deles de calças curtas.

Pará e Cris infelizmente não estavam em campo, o lance do segundo gol começou com um lançamento que o Pará deu o bote errado e o Werley foi para dar o bote no cara, não deu e no cruzamento o Cris errou feio, mas muito feio não se antecipando para ficar na frente do atacante.

Analisar o jogo depois é fácil é verdade, mas eu já suspeitava antes que o problema ali era outro. Dirigentes reclamaram do árbitro, eu até concordo que o juiz era muito fraco, mas muito mesmo, só que para os 2 lados. Vargas não foi expulso de cara por detalhe, pois merecia. Amaral do lado deles, também escapou de um 2º amarelo e ir para rua.

O detalhe foi que o Caracas percebeu que o juiz não marcava as coisas e partiu pra cima, botou braço na cara e tudo mais e o Grêmio aceitou.

Mas mesmo assim, pra mim o fator determinante foi a falta de vontade, falta de vontade de jogar?? Em partes, mas principalmente a preocupação em “não se machucar”. De tanto que se falou no gramado podre e tudo mais, ficou evidente ontem que em alguns momentos se evitava o lance, choque e tudo mais, para não correr o risco de uma lesão.

Isso não pode ser justificativa também para sair no intervalo com um jogo empatado, onde se tomou o gols nos descontos, e voltar jogando todo fechado, tentando só contra ataque, para depois de tomar o 2º gol, mudar todo o esquema do time e lotar lá na frente. Profexô errou também dessa vez.

Enfim, o que estava fácil e encaminhado, agora se tornou batalhado até o final. O bom será os jogos do Gauchão para manter o ritmo do time e se preparar para daqui quase um mês lotar a Arena contra o Fluminense. Só não podemos repetir os mesmos erros e vir com o clima do “já ganhou”.

Foto: Luis Acosta/AFP

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...