Pelotas 1 x 3 Grêmio – Ficha do Jogo

Com um 1º tempo complicado e tudo se encaminhando para um final dramático e triste, o Grêmio buscou no 2º tempo o equilíbrio e buscou a vitória de forma sensacional, aproveitando as oportunidades.

Zagueiros resolveram a partida e mais uma vez a bola parada fez a diferença. É um resultado importante a vitória, e com certeza pode fazer a diferença dando até para matar esse Gauchão sem a necessidade de uma final hein!

Para quem disse que queria  a tranqüilidade de ganhar o primeiro turno para depois “relaxar” no segundo e jogar com time reserva, o Grêmio mostra que dá sim para mesclar a equipe e manter um bom nível em campo. Peças de reposição temos e dá sim para usar essa fase como laboratório para a Libertadores.

Bom vamos ao jogo. O primeiro tempo foi lamentável para não dizer terrível, pois o time não se achou de jeito nenhum, bola sem rumo, laterais jogando pouco e nosso camisa 10 em alguns momentos até displicente. Além disso a falta de nosso capitão Rochemback foi muito grande.

Não que Adilson e William Magrão não tenham jogado bem, mas faltou aquela tranquilidade e visão de jogo que o Rochemback tem.

Com o Grêmio errando muitos passes e o Pelotas marcando bem atrás, jogando no contra ataque. Parecia que teríamos muitos problemas ao longo da partida. Mas o Pelotas só ficou na ameaça no primeiro tempo. Destaque para o Makelele (aquele mesmo que jogou aqui ano passado mesmo).

O Grêmio não arriscou, não chutou de longe (aliás eu to falando isso já faz tempo mesmo) e ficou bem limitado a jogadas com o objetivo de entrar praticamente na pequena área para fazer alguma coisa. Como o Pelotas estava bem recuado e marcando bem, claro que não daria efeito.

Mas parece que no intervalo a conversa do Renato deu resultado mesmo, mas novamente resolvemos o jogo em bolas paradas (tem que ver isso aí hein). Leandro então entrou na vota para o 2º tempo e mostrou que tá afim de jogar mais e quer vaga na equipe da Libertadores.

Em falta feita exatamente nele, Douglas cobrou na barreira e na sobra Rodolfo mandou para a área, Leandro não chegou na bola para fazer a cabeçada e acabou sobrando para William Magrão que veio de trás pela direita. O chute não foi forte, mas o suficiente para colocar no outro canto sem chances para o goleiro do Pelotas, Grêmio 1×0 e a sensação de que o time voltou bem melhor.

A surpresa foi o gol do Pelotas logo 1 minuto depois do nosso gol. Sempre ele, o velho Sandro Sotilli que é matador e não pode deixar chegar sozinho na cara do gol. Alan cruzou logo após passar do meio campo pelo lado esquerdo e o Rodolfo não acreditou que o jogador estava em condições, Sotilli ficou na cara de Marcelo Grohe que não tinha o que fazer, empate do Pelotas.

Será que a nossa zaga vai continuar batendo cabeça desse jeito (tem que ver isso também)? O Grêmio só voltou a marcar novamente aos 28 minutos do 2º tempo, e com o Rodolfo fazendo o seu primeiro gol com a camisa do Grêmio.

Novamente de bola parada em cobrança de escanteio de Doulgas pelo lado direito, Rodolfo subiu no 3º andar e marcou de cabeça no canto superior esquerdo sem chances para o goleiro do Pelotas.

O terceiro gol do Grêmio (e o prego no caixão do Pelotas) claro que não poderia fugir a regra, bola parada de novo. Falta boba em cima do Lúcio na lateral esquerda próximo a área. A cobrança com um toque sutil de Collaço para o Lúcio que cruzou e a zaga bateu cabeça (junto com o goleiro), deixando Rafael Marques que veio do lado direito ficar livre para só empurrar de cabeça para o gol.

Aí não tinha mais o que fazer, só esperar o fim do jogo e somar mais 3 pontos. Grêmio agora com 9 pontos em 4 jogos. Próxima partida tem tudo para ser difícil ou fácil, difícil porque Juventude em Caxias sempre é complicado. Mas fácil porque é a nossa filial e não está jogando bem faz tempo. Reflexo disso é a situação lamentável da equipe disputando a 4ª divisão do Brasileiro.

Mas enfim, é jogo para se jogar com responsabilidade, raça e garra. Jogo para fazer resultado se possível e deixar a equipe mais tranqüila ainda no Gauchão 2010.

Agora a ficha completa do jogo.


Pelotas 1 x 3 Grêmio

Grêmio

Marcelo Grohe, Gabriel, Rodolfo, Rafael Marques, Bruno Collaço, Adílson, William Magrão (Vinícius Pacheco), Lúcio, Douglas, Escudero (Leandro) e Borges (Fernando).

Técnico: Renato Portaluppi

Pelotas

Dionattan, Eduardo Eré, Jonar, Junior Paulista, João Rodrigo, Wanderson (Cléber), Gavião, Makelele (Márcio Tinga), Alan (João Paulo), Sandro Sotilli e Clodoaldo.

Técnico: Armando Desessards

Data: 27/03/2011
Campeonato: Campeonato Gaúcho 2011
Fase: Taça Piratini – 4º Jogo
Local: Estádio Boca do Lobo
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Júlio Cesar dos Santos e Paulo Ricardo Conceição
Público: Não informado
Renda: Não informado
Gols: William Magrão (Grêmio) 8min/2ºT, Sandro Stilli (Pelotas) 9min/2ºT, Rodolfo (Grêmio) 28min/2ºT e Rafael Marques (Grêmio) 44min/2ºT.
Cartão Amarelo: Eduardo Eré, Wanderson e João Rodrigo (Pelotas); Adílson e William Magrão (Grêmio).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...